segunda-feira, maio 19

Para ser grande...


2 comentários:

Di disse...

Este é daqueles poemas que não queria que saísse da minha cabeça! Tenho pensado acerca dele (não tanto quando gostaria) e a rever a minha forma de estar na vida. Às vezes estamos tão envolvidos em tantas coisas que a certa altura já nem me apercebo o que realmente é o meu caminho e o que, apesar de bom, não é! Isso impede que seja grande no que faço. E é tão diferente quando estamos por inteiro no que fazemos, no que somos. Ser profundamente nós mesmos.
BIgada por me continuares a lembrar disso mila:D aquele abraço

Fabiola disse...

Desde o poderoso ENSEBS, em que este poema foi trabalhado com um encanto especial de todos os participantes, que o poema faz parte de mim. Sem dúvida que o Pessoa era formidável, mas num dos seus poemas mais simples traça uma linha de vida: integridade! Na minha opinião é isso mesmo que o poema trata, e é tão simples. Sermos nós, íntegros e completos. Assim a lua brilhará! Vou tentar seguir isto, sempre que possa!